Aurora, o hotel de luxo espacial que promete estar funcionando até 2022

Uma startup chamada Orion Span divulgou uma meta incrivelmente ambiciosa: abrir um hotel de luxo no espaço até 2022. Não apenas isso, mas a empresa planeja tornar as estadias “acessíveis”, pelo menos em comparação com os atuais preços de viagens espaciais que pipocam por aí.

Uma reserva de 12 dias na estação Aurora, custará cerca de US$ 9,5 milhões que, embora ainda seja inatingível para a maioria de nós, é muito mais barato do que os estimados 20 a 40 milhões que clientes privados pagam para visitar Estação Espacial Internacional – sim, isso já é possível!

O turismo espacial é um fenômeno recente que consiste em viagens espaciais realizadas por indivíduos com propósitos não científicos, de puro lazer. Atualmente o turismo espacial está aberto apenas a indivíduos excepcionalmente ricos, e o transporte é assegurado pelo programa espacial russo, através de um acordo comercial com a empresa norte-americana Space Adventures.

Além do custo de milhões de dólares cobrado pela viagem, o candidato a turista espacial precisa passar por uma série de testes físicos e médicos – podendo ser reprovado e impedido de viajar caso apresente alguma anomalia ou deficiência em qualquer etapa do treino – além de um treino intensivo de seis meses simulando as condições de adaptação à microgravidade encontrada nas naves espaciais em órbita.

“Estamos lançando o primeiro hotel espacial de luxo acessível”, disse o fundador e CEO da Orion Span, Frank Bunger, ao falar no Space 2.0 Summit, em San Jose, Califórnia. “Tem havido inovação em torno da arquitetura para torná-la mais modular e mais simples de usar e ter mais automação.”

Os engenheiros que trabalham na Estação Aurora ajudaram a projetar uma operação da ISS, provando que Orion Span certamente não está brincando. Quando concluído, será aproximadamente do tamanho de um avião de grande porte (embora haja planos para torná-lo maior ao longo do tempo) e irá orbitar em volta da Terra a 403 mil quilómetros de distância. As reservas (para as quais você já pode fazer um depósito de US$ 80.000) acomodam até quatro pessoas com dois tripulantes.

Se tudo correr bem, a Orion Span tem até planos de construir acomodações permanentes no espaço. “Nossa visão de longo prazo é vender o espaço real nesses novos módulos”, disse ele. “Estamos chamando isso de condomínio espacial. Então, seja para viver ou passear, essa é a visão do futuro: criar uma habitação humana sustentável a longo prazo em LEO [baixa órbita da Terra]”.

Animou e quer saber mais? visite o site ofical.

1_Aurora_Station__1_Interno_aurora_Station_hotel_in_OrbitaCaptura de Tela 2018-04-09 às 13.31.46

funkytown

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s